Notícias

Dicas de saúde

Sobre o hospital

Segundo José Candido da Silva Filho, autor do livro "Iepê Minha Amada e Querida", no dia 13 de Fevereiro de 1974 chegou em Iepê o Dr. Severino Batista de Carvalho. Iepê ainda não possuía Hospital, mas tinha em construção a Santa casa, que foi idealizada por Orlando Cater, um farmacêutico e vereador, que morou em Iepê e que doou um terreno para a construção da Santa Casa, que não chegou a ser concluída por rixas políticas, que causaram a dissolução da Diretoria que tomou a frente dessa construção. Então no ano de 1975, o então Prefeito Municipal Arlindo Barbosa, escolheu um terreno de propriedade da Prefeitura Municipal e iniciou a construção do Hospital Maternidade de Iepê que posteriormente veio a ser Hospital Municipal de Iepê, com a sigla HMI. O HMI foi inaugurado em 24 de junho de 1975, com 22 leitos, sendo que depois passou por varias reformas e ampliações, e hoje conta com 27 leitos.

A Autarquia Hospital Municipal de Iepê foi criada em 1990 através da lei municipal Nº 020/90, no dia 06 de junho de 1990 com personalidade jurídica de natureza autárquica, de patrimônio de administração autônoma. Com foro cede na cidade de Iepê, o hospital tinha o intuito de executar serviços médicos-cirúrgicos e de pronto-socorro à população do município de Iepê e demais municípios que necessitarem de sua assistência.


No ano de 1991, o HMI veio a fechar, e por decreto, em meados de junho de 1992, o provedor José Ferreira da Silva (Zé Areia) anuncia sua reabertura, fechando convênios particulares além do atendimento 100% gratuito a população iepeense. Com a construção da Usina de Capivara, a CESP (Centrais Elétricas de São Paulo), mandou construir um ambulatório que serviria aos barrageiros e passou também a servir a população do município.

Atualmente, conta com uma equipe de 61 funcionários na área administrativa e clínica médica, conta também com serviços de cirurgias, atendimento de especialidades como: Ortopedia, Cardiologia, Otorrinolaringologia, Pediatria, exames de diagnóstico por imagem através de radiografia e ultrassonografia, etc. Também possui um centro de oftalmologia no qual atende vários municípios da região, bem como, com procedimentos cirúrgicos oftalmológicos, além de atendimento clínico 24h.

Por se tratar de uma empresa de regime jurídico autárquico, ou seja, uma entidade auxiliar da administração pública estatal autônoma e descentralizada, seu patrimônio e receita são próprios, porém, tutelados pelo estado (município). É um ente da administração pública indireta, criada através de lei, para executar de forma descentralizada, atividades típicas da administração pública.

Portanto, não tem fins lucrativos, tem por objetivo principal prestar assistência médica gratuita a todos os munícipes e demais pessoas que assim necessitarem de seus serviços.